007

Quando realizei que iria voltar a morar na casa dos meus pais, a primeira coisa que passou pela minha cabeça foi: não tem espaço para minhas roupas e sapatos!

Aí lembrei que um dia quis ter menos coisas e que estive muito engajada nisso. Voltei pros meus textos e reflexões sobre minimalismo e ter pra onde voltar é muito reconfortante, mesmo que a gente tenha se perdido. Tanta coisa aconteceu que eu acabei deixando de lado aquelas faxinas que devem ser feitas de tempos em tempos no armário e o resultado foi bagunça, desorganização e eu usando as mesmas roupas em loop. Continuar lendo

Eu não gosto de ninguém de graça

eu-nao-gosto-de-ninguem-de-graca-desacelera-camila

Semana passada eu falei sobre desapegar sentimentos e eu sei o quanto isso não é fácil. Depende de paciência, foco e autoconhecimento. É um trabalho longo e que deve ser feito no dia a dia, com as pequenas coisas. Mas que não podemos esquecer de fazer porque quanto mais no agarramos em coisas que nos fazem mal, mais pra baixo ficamos, né?!

Uma das coisas que eu aprendi sobre mim mesma, nessa jornada de mais de 30 anos, é o que me faz gostar de verdade de uma pessoa. E nem estou falando de gostar no sentido amoroso, estou falando de todos os sentidos mesmo. Continuar lendo