Quão valioso é o nosso tempo?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tá aí uma reflexão que a gente deveria fazer mais vezes e que quase não fazemos. Eu já andava pensando muito sobre isso e dia desses assisti a esse vídeo da Fê Neute, no Vida de Empreendedora.

Eu sempre vivi nessa onda de que não tenho tempo pra nada e já deixei de fazer várias coisas por querer ter mais tempo pra mim. Nisso, eu gastei tempo com coisas bobas e inúteis, e acabei deixando de fazer o que era realmente importante. A reflexão da Fê é justamente sobre isso!

Ela fala do quanto nos apegamos ao dinheiro que gastamos, mas nem ligamos de gastar nosso tempo em coisas bobas. E não é que ela está certíssima? Qualquer dinheiro que a gente gaste é possível ser recuperado. Seja economizando, principalmente em besteiras, seja trabalhando um pouco mais. Agora tempo perdido não volta. Chocante, né?! Por que nunca pensamos dessa forma quando ficamos hipnotizados dando scroll na timeline do Facebook?

Desde que eu comecei a refletir sobre como eu levava a minha vida, essa coisas de como eu gasto o meu tempo me afligem. Não acho que eu tenha feito grandes progressos com isso não. Ainda me sinto desperdiçando demais com redes sociais e internet de uma forma geral. Acho que melhorei no sentido de deixar passar bastante coisa e também de tentar absorver informações que sejam relevantes de alguma forma, mas ainda tenho um longo caminho até concluir que estou usando o meu tempo da melhor forma possível.

Como ainda estou completamente fora da minha rotina, andei tentando traçar algumas estratégias pra quando voltar à ativa ter mais foco e menos arrependimentos. Ok que estou bastante cansada fisicamente, privação de sono acaba com qualquer um. Mas sei que preciso retomar a vida e os estudos com o gás que eu já não tinha antes dessa parada.

Sem dúvidas esse vídeo da Fê me fez querer aproveitar mais esse tempo todo que eu tenho, já que não estou trabalhando, e nada melhor do que planejamento e foco para aflorar a disciplina necessária para produzir ao máximo estando em casa.

Vou experimentar essas estratégias que eu tracei e, se elas derem certo, eu volto aqui pra contar mais sobre elas.

E vocês? Como lidam com essa coisa de “perder tempo”? Ou como fazem pra eliminar/minimizar os “tomadores de tempo”? Conta aí nos comentários!

4 comentários sobre “Quão valioso é o nosso tempo?

  1. Poxa, Camila. Eu tb me sinto muito assim. Tinha definido que 2015 eu ia conseguir organizar meu tempo, mas está difícil. Eu uso RescueTime para tentar visualizar esses tempos perdidos em redes sociais e afins, mas mesmo assim ainda me pego “jogando tempo fora”. Acabo sempre ficando na dúvida se eu que quero fazer coisas demais ou se é simplesmente questão de organização. Espero conseguir me organizar o suficiente para descobrir isso… Pelo menos 2015 ainda não acabou!
    Bjocas

    Curtido por 1 pessoa

    1. Verdade Carol!
      Eu estou super desregulada ainda, mas sabe que tô sentindo falta de ter mais controle do meu tempo e de ter certeza de que o que estou fazendo é realmente importante?
      Mas pelo menos não larguei o GTD. Tudo indo de vento em popa 😍
      Bjo

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s